Seciju suspende visitas na CPP de Palmas após morte de detento

A medida é preventiva e já foi informada à justiça, à Defensoria Pública e ao Ministério Público Estadual.

As visitas a detentos do Pavilhão ‘A’ da Casa de Prisão Provisória de Palmas (CPPP) foram suspensas neste sábado (20) em decorrência da confusão que resultou na morte do preso Daniel Araújo Cardoso, de 23 anos.

Segundo a Secretaria da Cidadania e Justiça (Seciju), a medida é preventiva e já foi informada ao Poder Judiciário, à Defensoria Pública do Estado e ao Ministério Público Estadual.

Daniel foi morto nessa sexta-feira (19) durante uma confusão no pavilhão onde ele estava preso. Além dele, Antônio Railson Chaves Arnold, de 24 anos, foi esfaqueado e encaminhado em estado grave ao Hospital Geral de Palmas (HGP).

A Seciju afirmou que uma assistente social da pasta já encaminhou o corpo de Daniel ao Instituto Médico Legal (IML) para, posteriormente, ser liberado à família.

Sobre o estado de saúde de Antônio Railson, a Seciju informou que ele está na Sala Vermelha do HGP.

Procedimentos Administrativos Disciplinares (PADs) já foram abertos para apurar as causas e circunstâncias do ocorrido e ainda não é possível dizer se há relação entre as agressões sofridas pelos detentos, que ocorreram em momentos distintos.

Daniel Aráujo cumpria pena de 19 anos de reclusão pelos crimes de ameaça, dano, desacato e roubo. Já Antônio Railson está preso provisório pelos crimes tráfico de drogas e roubo.

Deixe Seu Comentário Abaixo:

SubTenente Soley

Nascido aos 04 de abril de 1973 em Amambaí-MS. Policial Militar desde 1998, já prestou relevantes serviços para a sociedade tocantinense. Atualmente está lotado na área do 7º BPM - Batalhão Guará. Dedica-se, nas horas vagas, a escrever notícias de cunho informativo, jornalístico e político.

SubTenente Soley has 67 posts and counting. See all posts by SubTenente Soley