TCE inspecionará contrato de empresa do ex-juiz João Olinto

A resolução determinando a inspeção saiu nesta segunda-feira. Boletim do Tribunal de Contas do Estado (TCE) desta segunda-feira, 19, traz resolução que determina inspeção in loco no contrato da Secretaria Estadual de Saúde com a Sancil Sanantonio Construtora e Incorporadora.

A empresa é responsável pela coleta de lixo hospitalar de Araguaína e foi alvo da Operação Expurgo, da Polícia Civil, na semana passada, acusada de armazenar irregularmente 180 toneladas de lixo hospitalar.

O ex-juiz eleitoral João Olinto Garcia de Oliveira, pai do deputado estadual Olyntho Neto (PSDB), apontado como sócio da Sancil, teve a prisão decretada e é considerado foragido.

A operação foi o estopim da crise da Secretaria de Segurança Pública, após o governo Mauro Carlesse (PHS) exonerar na sexta-feira, 16, 12 delegados regionais de PC, inclusive, o de Araguaína, Bruno Boaventura.

Como reação, toda a cúpula da SSP entregou o cargo ao governador nesta segunda-feira.

A inspeção determinada pelo TCE vai ocorrer na Secretaria Estadual de Saúde e em todas as unidades onde a empresa Sancil atuou, como como Bico do Papagaio, Médio Norte Araguaia, Cerrado Tocantins Araguaia, Amor Perfeito, Ilha do Bananal e Sudeste.

A empresa foi contratada com dispensa de licitação para dois lotes, um no valor de R$ 315.241,02 mensais e outro de R$ 242.571,39, um total por mês de R$ 557.812,41.

Deixe Seu Comentário Abaixo:

SubTenente Soley

Nascido aos 04 de abril de 1973 em Amambaí-MS. Policial Militar desde 1998, já prestou relevantes serviços para a sociedade tocantinense. Atualmente está lotado na área do 7º BPM - Batalhão Guará. Dedica-se, nas horas vagas, a escrever notícias de cunho informativo, jornalístico e político.

SubTenente Soley has 67 posts and counting. See all posts by SubTenente Soley